SOMOS O QUE OUVIMOS

Underground & Indie

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

A perfeita mescla entre arte e música

leave a comment »

por Camila Borges

O estilo de música da Amida é o Indie Rock. Porém, além das canções que chamam atenção outro fator importante que faz da Amida uma banda diferente são as capas dos álbuns do grupo. O responsável pelos desenhos é o guitarrista britânico, Andrew Beswick (30). Ele também é o fundador e guitarrista da banda.

Entre as paixões de Beswick estão a arte e a música. Para ele, unir essas duas veias artísticas é algo fascinante e inspirador.“Como todos nós temos ideias criativas e todos concordamos que a obra de arte das capas dos nossos discos é parte importante para os nossos registros, desenhar se torna uma tarefa tão prazerosa quanto a criação e gravação da nossa música. É um processo criativo que gostamos de estar envolvidos”, afirmou o guitarrista.

Entre as suas influências musicais estão bandas como: Kurt Vile, Grrrls Ouro e Ducktails. A maioria dos artistas tem um lugar preferido para criar seus desenhos, o lugar de preferência de Andrew é a estrada. “Eu gosto de desenhar quando estou viajando, é uma boa maneira de documentar a viagem”, comentou.
Para conferir mais informações sobre a banda Amida acesse as redes sociais do grupo: facebook.com/amidaband

Written by Talita Lima

02/11/2015 at 5:01 PM

Publicado em Uncategorized

A cultura presente na música

leave a comment »

por Martha Ferreira

Vamos falar um pouco sobre a cultura presente na música. Todos nós sabemos que a música existe desde que nos entendemos por humanidade e o mundo antigamente, como conhecemos, era dividido por diferentes sociedades, e a música acompanhava cada uma dessas tribos sendo diferentes uma das outras assim como elas. Cada música exerce uma cultura, sua diferença, mas creio que estão entendendo que o que quero falar é sobre as músicas engajadas nas culturas de uma especifica sociedade.

Graças à globalização e ao fácil acesso a internet, temos em mão a oportunidade de prestigiar cada uma dessas canções. A que mais me atrai são as tocadas em orquestras, apenas os instrumentais, mas convenhamos que todas são belas e nos traz um sentido diferente.

Acho mais interessante ainda os cantores que cantam músicas com estilo de outras culturas, que é o caso de Alanis Morissette que nos oferece músicas como “Mercy” com estilo africano, música cantada para a trilha sonora do filme “Amor sem fronteiras” e temos também “I ramain” também trilha sonora, do filme “O Príncipe de Pérsia”. Ao escutar a batida, as voltas na voz, podemos notar a cultura dançando nas partituras.


Written by Talita Lima

22/09/2010 at 10:18 PM

Publicado em Uncategorized

Fanático fã do Rush junta útil ao agradável

leave a comment »

por Jéssica Sampaio

Seguindo a temática de “Time Machine”mega turnê que o grupo canadense Rush está fazendo e que desembarca no próximo dia 8 de Outubro em São Paulo, Tânio Acácio mais um adorador do cinquentões canadenses foi elogiado nessa semana pelo seu site que homenageia o trio. Intitulado “Mcflybynight”,sátira a uma música do grupo, o portal possui um “curta” cômico chamado 2112 De Volta para o Futuro, paródia do filme que foi sucesso dos anos 80, mas que possui elementos da banda no roteiro, além de promover camisetas com diversas estampas do grupo, que são mostradas durante a trama e que podem ser compradas, no site, pelos fãs. Respeitado por diversas bandas covers brasileiras, pelo fã clube nacional e fóruns especializados, Tânio, diz que nem tudo foi fácil ou divertido na execução do longa “ Ficar acordado até altas horas não tem problema, o chato era que eu não podia ficar ouvindo Rush ao mesmo tempo em que eu gravava” afirma. O autor, conheceu a banda através do DVD “Rush in Rio” gravado no pais em 2002. Segundo ele, ouvir os canadenses é como “ deitar em um divã, a música se alastra até o inconsciente”.Mineiro, tem viajado atrás de bandas covers do Rush para divulgar seu trabalho e promete que abrirá um espaço em seu site para os adoradores do Rush “Eu vou abrir espaço para os fãs, com certeza tem muita história legal para se ouvir”,relata.
O Rush fará uma apresentação em São Paulo no Estádio do Morumbi e outra no Rio de Janeiro, no dia 10. Os ingressos custam de 160 a 500 reais.

Written by Talita Lima

18/09/2010 at 9:47 PM

Publicado em Uncategorized